Notícias

Sayonara Moreno, da Agência Brasil

A atleta baiana, Ana Marcela, de 25 anos, conquistou, nesta sexta-feira, o terceiro título no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos. A competição ocorre em Budapeste, capital da Hungria, e o título é o terceiro da nadadora em mundiais, na modalidade maratona aquática de 25 quilômetros, a mais longa prova do campeonato.

 De acordo com a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos, a atleta adotou, durante a prova, uma “estratégia perfeita de poupar energia em todo o percurso”. Com a economia de energia, Ana Marcela teve gás suficiente para alcançar o primeiro lugar, após ultrapassar todas as adversárias a poucos metros da chegada.

 Ana Marcela nadou por mais de cinco horas para conquistar o título. Ainda no mundial de Budapeste 2017, a campeã já havia subido ao pódio duas vezes, quando recebeu as medalhas de bronze nas provas de 5 e 10 quilômetros.

 Com o título conquistado desta sexta, ela se torna tricampeã mundial da maratona aquática de 25 km. O primeiro ouro na modalidade foi conquistado em 2011, em Shangai, na China, quando tinha 20 anos.

 Em 2015, conquistou o bicampeonato na maratona aquática de 25 km, em Kazan, na Rússia. Somadas todas as conquistas da atleta baiana, são 10 medalhas em campeonatos, incluindo as conquistadas em Budapeste até esta quinta-feira e o Mundial específico de Maratonas Aquáticas, em 2010.

 O Mundial de Budapeste 2017 acontece desde o dia 14 e vai até 30 de julho. Mais de 2 mil atletas de 400 países participam da competição, nas modalidades natação, pólo aquático, maratonas aquáticas (águas abertas), saltos ornamentais, nado sincronizado e high diving (salto de plataforma alta). Do total, cerca de 60 atletas fazem parte da delegação brasileira.
Nacional Informa.

Postado em 21/07/2017 às 17:12


Voltar         Ver todas as notícias